Friday

Design de Joalharia - RESINA DE POLIESTER - formação - técnicas

DESTAQUE

Peças em resina,
de Cristina Jorge
Workshop de técnicas criativas em resina

PNL, uma solução para alunos e professores de joalharia

Ver este Artigo na nova Página


Jóias - TITÂNEO - metal - Joalharia










Texto e quadro retirados de


Titânio


Essa novidade que chega para colorir
O titânio é um metal bastante leve e muito duro.



• Peso específico: 4,5.

• Símbolo: Ti.

• Número atómico: 22

• Massa atómica: 47,9.


Foi descoberto em 1791 por W. Gregor em pesquisas com a areia magnética. Mais tarde M. H. Klaproth o encontrou no rutilo e em 1825 foi isolado por J. J. Berzelius.Não é encontrado em forma elementar mas sim ligado a outros metais e substâncias e nessa forma está amplamente distribuído na natureza. Seus minerais importantes são o rutilo e o anatase.Não é facilmente atacado pelos ácidos e com o ácido nítrico forma-se o ácido titânico.É muito empregado na indústria de pigmentos para tintas; construção de aeronaves; próteses dentárias e é parte integrante do processamento da celulose. Há alguns anos, devido ao grande espectro de cores que possibilita, começou a ser empregado em objectos da joalharia um metal que não pode ser facilmente soldado pois seu ponto de solda está entre 1.600 e 1.800ºC. A indústria utiliza-se de gás argônio e maçarico de tungsténio para soldá-lo. Logo, em peças de joalharia sua solda é inviável. Sua fixação costuma ser feita através de cravação, garras, rebites, parafusos, etc.É um material de difícil modelagem, mas pode-se conseguir uma certa deformação.A coloração do titânio pode ser feita de duas formas:



• Por aquecimento (mais difícil de controlar)

• Por processo electroquímico O "surgimento" de cores na superfície do titânio ocorre devido à formação de uma certa espessura de óxidos sobre o mesmo. Na verdade as cores não estão presentes nos óxidos, elas resultam do fenómeno "Interferência Óptica". Existem duas superfícies paralelas, a de óxido e a do metal. A camada de óxido tem transparência variável conforme sua espessura. A luz incide sobre a superfície atravessando a camada de óxido e atingindo a face reflectiva do metal. A luz é desviada de volta à superfície passando pela camada de óxido novamente. As diferenças na espessura nessa camada causam cores diferentes aos olhos do espectador.

Esse mesmo efeito óptico pode ser facilmente observado (com menor intensidade) numa bolha de sabão, em manchas de óleo sobre a água, conchas de madrepérola, asas de borboletas, escaravelhos, etc.Veja a gama de cores que pode ser obtida no titânio (aproximações
):